POLPA MOLDADA

POLPA MOLDADA
Polpa Moldada

terça-feira, 1 de julho de 2014

Comunidades no RJ abrem inscrições para curso de reciclagem de computadores



As inscrições já estão abertas para os interessados em entrar na terceira turma do curso de montagem e manutenção de computadores, voltado para moradores das comunidades do Alemão e de Manguinhos, localizadas na zona norte do Rio de Janeiro.
O curso faz parte do projeto Fábrica Verde, que em suas duas turmas anteriores, já capacitou 480 moradores das duas comunidades. Estão aptos para participar, gratuitamente, pessoas de 16 anos a 39 anos, que estejam cursando ou tenham concluído o ensino médio. Cada unidade da turma receberá 120 alunos. Os cursos têm duração de três meses e os participantes recebem ajuda de custo de R$ 120 por mês, totalizando bolsa de R$ 360.
As inscrições ficarão abertas até 15 de julho e o início das aulas está previsto para 27 de julho, segundo a coordenadora-geral do projeto, Ingrid Gerolimich. As inscrições  podem ser feitas no Núcleo da Fábrica Verdede de Manguinhos e do Complexo do Alemão, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.
“A cada três ou quatro máquinas obsoletas, a gente consegue transformar em uma nova e, com isso, também faz a inclusão digital, porque nós montamos telecentros nas comunidades onde o projeto atua”, explica Ingrid.
Com patrocínio da Petrobras e executado pela Fundação Bio-Rio,  o Fábrica Verde tem o objetivo de reaproveitar computadores, gerando emprego e renda para os participantes e reduzindo o lixo eletroeletrônico.
Após concluírem o curso, os alunos são encaminhados ao mercado de trabalho. “A gente tem uma série de parcerias com o Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), para encaminhamento, com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), para capacitação em empreendedorismo. A gente já direciona esses jovens para o mercado de trabalho”, afirma a coordenadora do projeto. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário